@exporevestir Facebook

Brasil lança a primeira norma para porcelanato

O Brasil saiu na frente e criou a primeira norma técnica para porcelanato. A iniciativa pioneira protege o consumidor de produtos fora do padrão e valoriza a cerâmica brasileira no mercado internacional

A indústria de revestimentos cerâmicos brasileira saiu da frente dos concorrentes mundiais e foi a primeira a definir parâmetros técnicos para seu produto mais nobre, o porcelanato. A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) acaba de publicar a Norma Brasileira para Porcelanato, que abre um novo capitulo na história da indústria cerâmica do país.

O Brasil é o primeiro país a adotar uma norma específica para porcelanato e deverá contribuir para ela seja estendida ao mercado internacional. De acordo com Antonio Carlos Kieling, diretor superintendente da Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimento, a iniciativa beneficia o setor sob vários aspectos.

"A Norma Brasileira para Porcelanato vai comprovar que os brasileiros não fornecem apenas cerâmica a preços competitivos, mas efetivamente são grandes produtores e seguem rígidos padrões. Ela fortalece a marca porcelanato, traz prestígio ao revestimentos do país e protege o consumidor contra a entrada no mercado de produtos fora do padrão", afirma Kieling.

A publicação da norma ABNT NBR 15.463, no dia 19 de fevereiro, tornou possível inserir o documento na agenda do Comitê Internacional de Placas Cerâmicas da ISO, que realizou, pela primeira vez, sua reunião no Brasil, durante a feira Revestir 2007, em 13 a 16 de março em São Paulo. O texto final é resultado de três anos de trabalho da equipe formada por fabricantes de revestimentos, entidades do setor de construação civil - ANAMACO, Abracolor - órgãos de defesa do consumidor - Fundação Procon - laboratórios de certificação - CCB - institutos de pesquisa e universidades brasileiras - IPEN, POLI-USP, UFSCar, Senai/CTCMat.

Representantes dos Estados Unidos, Inglaterra, Austrália, Itália, Espanha, China, França, Alemanha, Canadá e México que integram o Comitê Técnica de Placas Cerâmicas da ISO realizaram reuniões de trabalho com a participação de técnicos brasileiros, nos dias 13 e 14 de março, em São Paulo. "Este encontro foi o primeiro passo para que a norma brasileira se transforme em uma referência mundial", assinala Kieling.

A Norma Brasileira para Porcelanato foi lançada oficialmente no dia 16 de março, às 11h30, durante a feira Revestir 2007, no Transamérica ExpoCenter. Representantes da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), Anamaco, Procon, IDEC, Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, PINI e revendedores de material de construção participaram do evento.


19 Março 2007




#voltar#