LOUÇAS

SANITÁRIAS

Atualmente, o Brasil encontra-se entre os cinco maiores produtores mundiais de louças para cozinhas e banheiros, com 26 unidades
fabris de médio a grande porte, distribuídas em oito estados.

O segmento cerâmico de louça sanitária


Este segmento integra o ramo de produtos minerais não metálicos da Indústria de Transformação e tem como especialização produtiva a fabricação de bacias, caixas-d’água, bidês, lavatórios, colunas, mictórios, tanques de lavar roupas e acessórios. A produção atual
é de 22 milhões de peças. A matriz energética da indústria de louças sanitárias baseia-se, essencialmente, no gás natural. O setor gera, ainda, cerca de 7 mil empregos diretos.