ANFACER - Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimentos, Louças Sanitárias e Congêneres

Alameda Santos, 2300 - 10º andar
São Paulo, SP/ Brasil - 
CEP: 01418-200

T + 55 11 3192 0600

6 tendências do varejo para você continuar relevante

February 20, 2019

O mercado do varejo se transforma tão rapidamente quanto a sociedade onde ele está inserido. Atualmente essas mudanças são tão intensas e velozes que, infelizmente, muitos negócios sofrem com novidades que viram regra da noite para o dia. Pensando nisso a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo reuniu 6 tendências de comportamento do mercado levantadas durante a NRF Big Show em Nova Iorque.

 

Veja abaixo quais são e como você pode se preparar para elas:

 

 

1. Retail Leapfrog: as grandes ondas de mudança.

Eduardo Terra (sócio da Évolus, sócio-diretor da BTR e presidente da SBVC), comentou que para não ser pego de surpresa é preciso ter visão periférica para perceber pequenas ameaças, além de pensar em parcerias que podem fortalecer o negócio.

 

 

2. Deep Retail, uso inteligente da tecnologia de dados

Dados, dados e mais dados! As informações sobre o comportamento do seu cliente e suas preferências está mais abundante e acessível do que nunca. As gigantes do varejo, a chinesa AliBaba e a norte americana Amazon fazem uso inteligente dessas informações para manter seus negócios relevantes e lucrativos.

 

 

3. Excelência operacional no varejo (ROE – Retail Operational Excellence)

A produtividade não pode ser esquecida mesmo em um cenário de transformação. A boa notícia é que existem cada vez mais soluções tecnológicas para o aumento da eficiência nos processos e dica é: ela deve ser sempre focada na experiência do consumidor.

 

 

4. Customer Centric, o cliente no centro

A definição das estratégias devem sempre ser feitas com foco na jornada do usuário. Como o seu cliente de comporta antes, durante e depois da compra são indicadores importantes para traçar qualquer mudança ou ação.

 

 

5. New Retail (O Novo Varejo – loja e ecossistemas)

“O Novo Varejo é fácil, conveniente, tem baixíssimo atrito e oferece uma experiência superior ao cliente”, informa a SBVC. A excelência de atendimento e serviços deve ser refletida nos ambientes virtuais e físicos. Neste contexto a loja física não morre, mas se transforma em um local de experiência de marca que agrega ao cliente, não apenas mais um marketplace.

 

 

6. Cultura, posição e transformação (Trusty Leadership)

Os consumidores estão cada vez mais exigentes e isso quer dizer que eles também estão atentos ao posicionamento das marcas. “Os valores da empresa devem estar arraigados nos colaboradores, o que só acontece com um trabalho diferenciado de capacitação. Nesse ponto, vale destacar a importância de se ter colaboradores preparados, treinados, para, de fato, contribuir na decisão de compra do cliente. Ou seja, experts da marca”.

 

 

Veja os insights completos no site da SBVC

Please reload