Caixa adere à linha de financiamento de folha de pagamento para as MPEs

April 1, 2020

As Micro e Pequenas Empresas (MPE), com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 10 milhões, poderão buscar junto à Caixa Econômica Federal nova linha de crédito para colocar a sua folha de pagamento em dia. O financiamento poderá ser pago em 36 meses (carência de 6 meses e 30 parcelas), e taxa de juros de 3,75% a.a.

 

A medida faz parte do pacote de benefícios da Caixa contra os efeitos do novo coronavírus (Covid-19). “A Caixa está ao lado das Micro e Pequenas Empresas. É nossa missão ajuda-las neste momento difícil, criando linhas de financiamento, diminuindo taxas de juros, oferecendo pausa nos empréstimos”, afirma o presidente do banco, Pedro Guimarães.

 

Na semana passada, foram anunciados R$ 111 bilhões em crédito para Pessoa Física (PF) e Pessoa Jurídica (PJ), Hospitais Filantrópicos e setores Habitacional e Agrícola.

 

A Caixa também prorrogou a pausa dos financiamentos de 60 para 90 dias, reduziu Taxas de Juros, anunciou Financiamento a Estados e Municípios e suspensão do Recolhimento do FGTS. Desse montante, o banco aportou novos recursos para capital de giro (R$ 60 bilhões) e compra de carteiras (R$ 40 bilhões).

 

“Nossas medidas são dinâmicas e se necessário a Caixa lançará novas medidas. Faremos o que for possível para garantir a empregabilidade dos trabalhadores e as empresas vivas”, pondera Pedro Guimarães.

 

 

Linha de crédito emergencial para as MPEs

 

A linha de crédito emergencial faz parte das medidas anunciadas pelo Governo Federal contra os efeitos do novo coronavírus. Para contratar, a Micro e Pequena Empresa precisa ter condições de crédito em dia e folha de pagamento com a Caixa. Novos clientes que levarem a folha de pagamento para a Instituição também poderão utilizar a linha de crédito.

 

Segundo as regras anunciadas pelo Banco Central, o financiamento da folha de pagamento das empresas será limitado a dois salários mínimos (até R$ 2.090,00) por empregado, permanecendo o restante, se houver, a cargo da empresa. Os recursos serão depositados diretamente na conta dos trabalhadores. A empresa que tomar o financiamento não poderá demitir, por dois meses, os empregados com salários financiados. A linha pode ser solicitada no site e realizar o pré-cadastro.

 

Pausa – Outra medida anunciada para as Micro e Pequenas Empresas é a possibilidade de pausa por até 90 dias ao cliente PJ que tiver o Giro Caixa Fácil e Crédito Especial Empresa. A solicitação pode ser realizada por meio do portal da Caixa.

 

(Com informações da Caixa)

 

Please reload