Confiança do empresário cai em setembro

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) caiu 5,2 pontos em setembro de 2021, para 58 pontos.O ICEI havia registrado em agosto o maior índice do ano e, com a queda,regride para patamar próximo ao de maio. A queda interrompeu sequência de quatro altas consecutivas. Como o ICEI permanece acima da linha divisória de 50 pontos, indica que os empresários seguem confiantes. A queda, contudo, mostra que o otimismo se tornou menos intenso que em meses anteriores.

Componentes do ICEI

O Índice de Condições Atuais caiu 5,3 pontos, para 52,2 pontos. Ao se manter acima da linha divisória de 50 pontos, o índice demonstra que o empresário percebe melhora nas condições correntes de seus negócios na comparação com os últimos meses.Contudo, essa percepção é mais moderada que em meses anteriores. Essa percepção ainda positiva se restringe às condições atuais da empresa, cujo índice se manteve acimados 50 pontos apesar de ter caído de 58,1 pontos para 54,6 pontos.O índice de condições atuais da economia brasileira caiu para abaixo da linha divisória, de 56,2 pontos para 47,3 pontos. Revela, portanto, que o empresário percebe piora nas condições correntes da economia brasileira.O Índice de Expectativas caiu de 66,0 pontos para 60,9 pontos, mostrando que o empresário segue otimista para os próximos meses, mas que esse otimismo se tornou menos intenso e disseminado.

Fonte: http://www.portaldaindustria.com.br/estatisticas/icei-indice-de-confianca-do-empresario-industrial/

Últimas notícias

Projeto Setorial
Apoio