Iniciativa Anfacer + Sustentável

Iniciativa Anfacer + Sustentável completa seis anos com importantes avanços no setor

Atenta às transformações do mundo e da sociedade o setor cerâmico nacional conta, desde 2016, com um programa exclusivo para incentivar e disseminar as boas práticas do setor.

A sustentabilidade já é parte do setor cerâmico nacional há muitos anos. O setor destaca-se no reaproveitamento de resíduos na produção, na recuperação das jazidas de mineração e áreas impactadas pela operação, na eficiência hídrica e energética - mais de 70% da tecnologia usada na produção tem alta eficiência no uso destes recursos, além da busca intensiva por uma matriz energética mais sustentável, que hoje tem como principais fontes o gás natural e a energia elétrica, ambas de menor impacto.

O Brasil consome apenas 1/3 de água em comparação a indústrias de outros países

Parte da essência da cerâmica e de muitas iniciativas do setor, a sustentabilidade tem se consolidando como um diferencial na sua expansão no mercado nacional e internacional. O Brasil é hoje o terceiro maior produtor e segundo maior consumidor de cerâmica do mundo. Ocupa o sétimo lugar em exportações, presente em mais de 110 países.

Nesse contexto, a Iniciativa  Anfacer + Sustentável, projeto desenvolvido pela Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimentos, Louças Sanitárias e Congêneres (Anfacer) coloca a sustentabilidade no coração da estratégia do negócio e busca, através da inovação conhecer, mapear e reduzir cada vez mais os impactos gerados em todas as etapas do processo.

Conheça a Iniciativa

A Iniciativa Anfacer + Sustentável surgiu em2014, com a criação do Comitê de Estudo para Sustentabilidade. A primeira fase de trabalho (2014-2018) compreendeu a execução de ações técnicas, como a realização de entrevistas, levantamento de dados e entendimento do panorama setorial em relação às questões de sustentabilidade, debates internacionais, além do desenvolvimento de diversos estudos e publicações.

Com o lançamento oficial para o mercado, em 2019, a Iniciativa Anfacer + Sustentável entrou em uma nova fase, com a adesão das empresas associadas à Anfacer, tornando-se um importante marco no que tange o compromisso do setor com a sustentabilidade.

A Iniciativa é uma adesão voluntária e hoje conta com aproximadamente 30% de representação do setor. Atualmente, integram a Iniciativa Anfacer + Sustentável as seguintes associadas: Alfagrês, Angelgrês, Cecafi,Cerbras, Ceusa, Eliane, LEF, Pointer, Portinari, Portobello, Roca Cerâmica e Villagres.

Principais contribuições  

Ao longo dos anos a Iniciativa investiu seus esforços em frentes importantes como matriz de materialidade, diagnósticos, medição da pegada ambiental do setor analisando seu impacto em vários aspectos em todo ciclo de vida do produto, bem como, riscos e oportunidades.

Entre as ações da Iniciativa Anfacer + Sustentável constam duas importantes ferramentas. A primeira é a Avaliação de Ciclo de Vida (ACV) que visa avaliar os impactos ambientais relacionados ao setor ao longo de toda a sua cadeia produtiva. O estudo da Anfacer se concentrou no processo de fabricação e abrange o ciclo da extração da matéria-prima até a saída do produto da fábrica(do berço ao portão).

Outra relevante ferramenta compreende o Inventário de Emissões do Setor, que permite medir as emissões de gases de efeito estufa e tomar medidas de redução e mitigação. Importante avaliação, em vista de ser um setor de alta dependência energética e perante os desafios das mudanças climáticas.

Com a mudança da matriz energética para gás natural, o setor evitou uma emissão significativa de carbono equivalente na atmosfera

Na última década o setor mudou sua matriz energética para o gás natural, que é uma fonte mais eficiente e limpa, evitando assim uma emissão significativa de carbono equivalente na atmosfera.

Além de permitir uma evolução tecnológica e o aumento da produtividade, a opção pelo gás natural contribuiu para evitar a emissão de 4,6 milhões de toneladas de COa atmosfera. É como salvar do desmatamento uma área de florestas equivalente a 8.861 campos de futebol.

Além da ACV e do Inventário de Emissão a Iniciativa já entregou, entre outros projetos e relatórios (disponíveis na plataforma www.iniciativaanfacer.com.br):

●       Mapeamento das Legislações Ambientais;​

●       Diagnóstico Setorial com base no Draft FinalISO 17889  - Sustentabilidade paraPlacas Cerâmicas;​

●       Tabela Ambiental Setorial;​

●       Guia de Sustentabilidade;

●       Cartilha “Como reciclar seu resíduo pós obra”.

Missão Energias do Futuro

Este ano, a Iniciativa Anfacer + Sustentável, com o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), realizou a Missão “Energias do Futuro”, como parte do calendário que reforça o compromisso do setor em capacitar e promover ações para um desenvolvimento sustentável rumo a descarbonização da indústria nacional de placas cerâmicas e louças sanitárias.

A missão promoveu encontros, visitas à fábricas e interlocução com especialistas de polos de hidrogênios, cases de energia solar e biogás na Espanha e Dinamarca, entre os dias 27 de junho e 1 de julho de 2022.

Agenda 2030

Atualmente o projeto encontra-se em uma fase de análise estratégica, bem como diagnósticos da indústria, avaliação de benchmark, desafios da sustentabilidade e a Agenda2030 (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, ONU).

Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, ONU

Com encontros periódicos de debate e alinhamento, o grupo de empresas concluiu os pilares estratégicos da Iniciativa, como sendo:

CicloFechado - Direcionado a economia circular

Energia - Rumo a uma economia de baixo carbono

Competitividade - Crescimento econômico, market-share e renda

Comunicaçãoverde - Transparência e solidez na comunicação

Saúdee Segurança - Respeito avida no ciclo de vida do produto

A Iniciativa possui uma agenda de encontros por temas, trabalhando em desdobramento de ações, estudos e contribuições em nível setorial no avançopara uma inovação para sustentabilidade.

 Comunicação Verde

Entre uma das ações, em prol da sustentabilidade e da comunicação verde, sólida e transparente, a Anfacer coordena a Comissão de Estudos na ABNT (CB189:CE004 - Sustentabilidade de Placas Cerâmicas). A comissão está na fase final de envio para consulta pública do Projeto de Norma NBR ISO MOD, sendo uma versão modificada da norma ISO 17889, publicada em 2021,sobre sustentabilidade de Placas Cerâmicas. A norma permitirá uma diretriz para uma rotulagem ambiental (Tipo 1) para uma comunicação verde e com multicritérios baseado no ciclo de vida do produto (berço ao túmulo).

 Pacto Global

Entre suas principais ações de destaque nos últimos tempos está à adesão ao Pacto Global, em 2020. Lançado em 2000, o Pacto Global é uma chamada para as empresas alinharem suas estratégias e operações aos Dez Princípios universais nas áreas de Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção e desenvolverem ações que contribuam para o enfrentamento dos desafios da sociedade. É hoje a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, com mais de 16 mil participantes, entre empresas e organizações, distribuídos em 70 redes locais, que abrangem 160 países.

 Logística Reversa

Em2021, a Anfacer se associou ao Instituto Rever, na promoção da circularidade da economia, promovendo a logística reversa de nosso setor.

Para o próximo ano a agenda da Iniciativa Anfacer + Sustentável contempla ações de continuidade na promoção do desenvolvimento sustentável e da inovação setorial, gerando conteúdo e conhecimento sobre o tema e criando soluções para cidades sustentáveis.

Iniciativa Anfacer + Sustentável

iniciativaanfacer.com.br

Sobre a Anfacer

Fundada em 1984, a Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimentos, Louças Sanitárias e Congêneres (Anfacer) representa institucionalmente a indústria brasileira de cerâmica com objetivo de promover seu desenvolvimento, competitividade e ampliação de mercado para seus produtos.

anfacer.org.br

Últimas notícias

Projeto Setorial
Apoio